Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


23 maio, 2016

Alcione lançou sua linha de esmaltes na Estética In Rio

Aconteceu no Rio de Janeiro, no Centro de Convenções Sul América, a Estética In Rio, uma Feira de Beleza, Saúde e Bem-Estar. Concomitantemente à feira, ocorreu também um Congresso. O evento foi direcionado para profissionais da área da saúde, fisioterapeutas, cirurgiões plásticos, médicos dermatologistas, profissionais esteticistas, massoterapeutas, podólogos, empresários e estudantes do setor.

Alcione esteve presente na tarde de hoje para lançar sua linha de esmaltes, Alcione - Um Show de Cores, em parceria com a empresa Desiré Cosméticos. Alcione concedeu entrevistas e sorteou kits para algumas participantes do 10º Congresso Científico Brasileiro de Estética.

22 maio, 2016

Alcione participou da Virada Cultural de São Paulo. Ela volta ao estado para outros shows a partir do dia 25

Alcione foi a segunda atração na primeira noite da Virada Cultural de São Paulo. No palco, além das canções que fizeram grande sucesso em sua carreira, Marrom também soltou o verbo para expressar sua opinião política, conforme divulgado pelo site Uol:

"Fiquei sabendo que o Ministério da Cultura voltou. Não era nem para ter acabado. Como um país como o nosso, com nossa diversidade cultural, pode ficar sem ele?", afirmou depois de abrir com "Juízo Final".

Relembrou também o desastre ambiental da cidade de Mariana:

"Como uma empresa dessa pode ficar sem punição? Eles só querem saber de tirar o minério da nossa terra. Por isso cantei nessa música ["Juízo Final"], que é realmente para essa maldade desaparecer", disse Alcione, que ainda aproveitou para pedir negros e mulheres nos ministérios do presidente interino Michel Temer.

Segundo o mesmo site, a cantora ainda se posicionou ratificando seu apoio à Dilma Rousseff:

"Gosto muito da Dilma. Só estive ausente dos protestos por causa de problemas de saúde".

Alcione encerrou o show prometendo gravar
a música "A Pérola e o Rubi", já registrada em dueto com Cauby Peixoto, no DVD do cantor. "Perdemos a nossa grande voz.",

Quarta-feira, dia 25 de Maio, Alxione volta ao estado de São Paulo para cantar no Grêmio CP, em Jundiaí, e no dia seguinte no Ipanema Clube de Sorocaba!

Ingressos Jundiaí:
http://www.portaldoingresso.com.br/2.0/Ingressos-para/ALCIONE-JUNDIAI-SP/7171

Ingressos Sorocaba:
http://www.portaldoingresso.com.br/2.0/Ingressos-para/ALCIONE-SOROCABA-SP/6959

AGENDA PAULISTA
25/05 Grêmio CP | Jundiaí
26/05 Ipanema Clube | Sorocaba

18 maio, 2016

Discos do início da carreira serão novamente lançados em cd

Todo mundo que é muito fã da Marrom certamente já bateu muita perna e fez muita pesquisa on line para encontrar raridades da artista. A Série Colecionador, que lançou em cd os oito primeiros discos de carreira são exemplos de itens que não saem desta mira. Um número considerável dos ditos "fãs de carteirinha" não possuem a discografia completa exatamente por causa destes cds, lançados há mais de vinte anos. Pois esta semana foi divulgada uma notícia maravilhosa: a Universal Music está preparando uma caixa com todas estas preciosidades relacionadas abaixo! Imperdível!

A voz do samba (Philips, 1975)
Morte de um poeta (Philips, 1976)
Pra que chorar? (Philips, 1977)
Alerta geral (Philips, 1978)
Gostoso veneno (Philips, 1979)
E vamos à luta (Phiilps, 1980)
Alcione (Philips, 1981)
Dez anos depois (Philips / PolyGram, 1982)