Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


23 abril, 2008

Alcione participa do Show "Paz Sim, Violência Não"


"Paz Sim, Violência Não", realizado dia 21 último, reuniu 3 milhões de pessoas durante o decorrer do evento, segundo a polícia militar. A gravação do DVD dos 10 anos de evangelização de Padre Marcelo no Brasil contou com a presença de 22 convidados e uma participação virtual, a de Belo.

Alcione subiu ao palco aproximadamente às 15.30, recebida pelo padre Marcelo que falou do carinho da sua familia por ela e da sua admiração. Ela estava linda de azul e branco e um pouco rouca devido à maratona de shows. (Domingo foi o último dia de espetáculo no Canecão)

Ela não ficou em camarim, já veio pronta para o show. Saiu do carro para o palco e do palco para o carro. Apesar da rouquidão soube trabalhar a voz, abusou de um tom bem grave (estilo da música Clarão) que ficou lindo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário