Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


27 maio, 2008

Toada para a comunidade

Toada escrita por Glauber de Andrade, para homenagear nossa comunidade no orkut: Alcione: A Voz do Brasil

Toada para comunidade
(Autor: Glauber de Andrade)

Vem do sul, do Maranhão
Da Bahia e de onde o Rio é mais baiano
Vem do imenso Brasil, essa nação
E d'além das fronteiras e oceanos

Uma comunidade...virtual, é verdade...
Mas também de muita emoção
E que desce os teclados
numa só igualdade:
A paixão que nos une é Marrom

A voz do Brasil
Até surdo ouviu
quando ecoou...na comunidade...

Refeita...
Talvez em tempestade...
Mas ainda assim, havia a necessidade

De se levantar
Uma verdadeira comunidade
Que só sabe fazer quem tem um coração

Marrom....virtual e real...marrom
Comunidade do samba...
e das toadas
E aqui mesmo quem é bamba
gosta de ouvir as baladas

Marrom...virtual e real...Marrom
Comunidade do raggae
que curte um bom forró
e a morena forrozera que começou essa brincadeira
é mesmo Marrom

A voz do Brasil...
até surdo ouviu...
quando ecoou...na comunidade

Respeito e dignidade
Direito e liberdade
Mas tudo com muita igualdade
Tudo com muita humildade

Agora sim, tá direito...

Nenhum comentário:

Postar um comentário