Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


04 agosto, 2008

Depoimento de Alcione por ocasião do carnaval maranhense de 2000

"Quando abro a primeira faixa desse disco dizendo 'Viva São Luís e o Carnaval do Maranhão' é porque eu sinto que estou começando a viver de fato a nossa antiga emoção de brincar o Carnaval à moda maranhense. É claro que nesse pequeno trabalho não coube toda a riqueza de um carnaval que aprendi a gostar desde menina, quando eu ainda corria atrás dos Fofões imensos e estampados com suas pequenas máscaras que eu temia e me atraiam ao mesmo tempo. Nunca esqueci o som da bateria acústica, mesmo da Turma do Quinto, da Casinha da Roça com seu tambor-de-crioula, dos Boêmios do Ritmo, PIF-PAF, tribos inteiras de Sioux e Comanches passando pela Rua do Norte, corsos cheios de Holandesas subindo (na época) a Rua do Passeio, e a Praça Deodoro fervendo de alegria, enfim. Hoje podemos contar com um grande palco para o desfile das nossas escolas de samba, como o Anel Viário por onde desfilam a beleza da Turma da Mangueira, Flor do Samba, Favela do Samba, Turma do Quinto, resistindo veementemente assim como os blocos tradicionais Foliões, Versáteis, Tremendões e tantos outros. Outras manifestações carnavalescas surgiram para contribuir com a descontração e beleza de nossa festa. Aí estão os grupos Abibimã, o Terecô do Bicho, Esbandalhada, Jegue Folia, Máquina de Descascar Alho, Bloco do Agenor e tantos outros que este ano, graças à sensibilidade do Governo do Estado do Maranhão e à Prefeitura de São Luís, unem-se a este carnaval, num circuito que é um presente ao povo desta terra que, felizmente, não precisará sobreviver ao carnaval e sim vivê-lo como sempre soube fazê-lo."

Alcione

Clique na imagem para baixar o cd!

FAIXAS:
01-Eu Te Conheço Carnaval (Erivaldo Gomes & Gerude) - Alcione
02-Eu Sou o Bicho (Luís Bulcão) - Alcione
03-Piroga da Olga (Oberdan Oliveira) - Solange Nazareth
04-A Dança do Jeguerê (Raimundo C. Campos) - Jurynha
05-Xéres Esbandalhado (Cristina & Penco) - Jurynha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário