Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


30 outubro, 2008

Show no Hangar, em Belém

Por Raphael Rocha


Cheguei ao local do evento às 16h e 47min e já tinha uma multidão na fila. Depois de quase uma hora esperando, avistei Alvinho, da Banda do Sol, e fui até ele. Fiz várias perguntas sobre a Marrom. Ele foi muito simpático. Às 18h 15min o povo começou a reclamar da espera, e então entramos todos no Hangar. Eu, acompanhado de meus amigos, saí correndo para pegar lugar na frente.

A Banda do Sol já estava aquecendo os instrumentos quando chegou a Maria Helena e o povo começou a aplaudir, pensando que era a Marrom... kkk... Ai eu gritei: "Maria Helena, me dá tua blusa"; ela disse: "Só se eu ficar nua". Eu disse: "Tudo bem, tu estas bonita mesmo"; ela: "Já fui melhor"... kkkkkkkkkkkkkk...

Quando o apresentador chegou, começou a mexer com a platéia e perguntou quem sabia as músicas da Marrom. Eu gritei: "Eu sei todas". Ele disse: "Sabe todas? Então se subires aqui e cantares algumas músicas tu vais ver a Marrom!" Eu não contei nem até três, subi no palco me tremendo todo, diante de quase 16 mil pessoas e mandei ver. De quebra mandei "Não deixe o samba Morrerrrrrrrrrrrrrr" kkk... Depois cantei "Faz uma loucura por mim" e "Meu ébano". Ele disse que eu ia ao camarim da nega! Minha felicidade era tanta que só vendo! Mostrei meu cartaz, "Alcione, eu te amo", e o povo me aplaudiu! (me senti chique... só 16 mil pessoas) hehehe. Sintetizando: FIZ UMA LOUCURA POR ELA! Então o apresentador pediu outra: "Você me vira a cabeça". Depois de fazer a minha loucura, nada da Marrom chegar! ...Então vi de longe um carro prateado peliculado chegando e a galera tirando fotos. Não deu outra! Ela saiu linda, com um vestido preto todo bordado de rosas brilhantes. O povo que ainda estava na fila aplaudiu. Ela acenou rapidamente e entrou no camarim. Para todos da banda que passavam eu pedia uma camiseta, mas ninguém tinha, pois já estão pra começar uma nova turnê e outro disco, me disse a Claudinha, da produção.

Entrei eu e duas moças (que tiveram que dançar o créu no palco) no camarim. Passando por um monte de seguranças lá estava ela, linda, sentada no sofá e com as pernas em cima da mesa. Meu Deus! "Meu amor", eu disse. Ela: "Oi como vai?". "Te amo demais". Ela: "Obrigada!" Disse: "Trouxe um presente pra você, Nossa Senhora de Fátima!". Ela agradeceu. "Marrom, faço parte do BLOG Morena Forrozera. "Até tu?", ela respondeu. Eu disse: "Conheces?". Ela: "Claro! De vez em quando eu olho ele!". E Claudinha: "Claro que ela vê... se foi feito em homenagem a ela!" Emendei: "Lá tem tudo seu, e o povo é louco por ti!".



Fiquei super à vontade, dei muitos beijos nela (aliás, que cangote cheiroso, deveria até mudar o nome do blog, pra morena forrozera do cangote cheiroso...kkkkkkkkk). Ajudei ela a levantar do sofá. Pedi um autógrafo no desenho que fiz pra ela. Escreveu meu nome com "f" como na primeira vez, mas tudo bem, ela pode tudo! E tirei uma foto (podem babar) muito linda. Kkkkk. Falei do Marão, e de algumas pessoas do blog e ela disse: "Amanhã estarei com Carlinhos". Pedi pra ela cantar "Você me vira a cabeça", ela prometeu e cumpriu.



Liguei pra minha mãe do celular e passei pra ela, ela: "Oi, como vai?" E a Marrom disse: pequeno tu és danado, vou bater nesse pequeno!" Hahahahahhaaha. Pediu 3 cartões e deu autógrafo pras meninas. Quando chegou minha vez, disse: "Não quero pra mim, quero pro BLOG!". Ela: "Tu vais querer pro BLOG?" Disse "Sim! O “povo” (Joelma) me pediu!" Hehehhe. Quando ia saindo beijei a mão dela e falei que minhas colegas adoravam as unhas dela. E já ia levando sem querer a santa e o cartaz... Ela disse: "Menino, minha santa! Me deu agorinha e já vai levar?" kkkkkkk. Eu respondi que era a emoção. Hehehehhehe. Pronto! tudo certo! Meu dia estava ótimo, aliás, o resto do ano e o ano que vem já estão garantidos!



Voltei pro meu lugar e todo mundo queria ver minha foto na câmera e meu autógrafo...Antes do show, a Marrom participou do projeto Um Bilhão de Árvores para a Amazônia, mostrando assim que tem consciência ecológica. Lá mesmo no Hangar plantou mudas de árvores nativas. Depois do sorteio, chegou a hora tão esperada. Anunciaram: "Com vocês: ALCIOOOOONEEEEEEE!!!" O povo foi à loucura e eu, é claro, não fuji à regra! Hehehhehe... Apareceu linda, toda de vermelho brilhante... Começou com "Se não existisse o sol" (voz impecável), depois reclamou: "Quem está contando aqui? Então faz direito!" (pros músicos). Vixe, nega arretada! Cantou uma música especialmente pro evento, "Óh, Virgem santa, Olhai por nós..." eu gravei...



Agradeceu, disse que um dia vem no Círio (se Deus quiser) E QUE ESTAVA MUITO FELIZ POR ESTAR EM BELÉM. Cantou novos e “velhos” (que são sempre atuais) sucessos. Falou que as mulheres deviam ter mais oportunidades nesse país. E que a voz dela não foi encontrada em uma prateleira de supermercado. Que deveríamos cuidar muito do que queremos, e sempre pedir que venha pro nosso bem! Aplaudidíssima!!! Chamou uma cantora paraense pra subir ao palco e diante da constatação de seu talento, disse que não queria perder seu emprego, pois era o único que tinha... Apresentou sua banda, falou que Belém tava linda, e que nunca tinha provado um caruru tão gostoso.



O povo em cada música ia à loucura. Mais ou menos 01h e 30min de show. Ela agradeceu cantando Obrigada, e despediu-se. E nós pedindo bis! Aliás, ela cantou seus melhores sucessos e fez as pessoas dançarem do começo ao fim, eu fui um que me esbaldei. No outro dia saiu do Hotel Hilton às 8 hs e foi direto pra Manaus...Espero que tenham gostado! Abraço e muita MARROM pra vocês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário