Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


17 novembro, 2008

Sua história com a negona

Por Elias Gomes da Costa

Entre 1993 e 1994, eu fazia parte do grupo Clara Guerreia, no Rio de Janeiro. Estávamos sempre prestando homenagens à saudosa Clara Nunes. Nos dias de finados, por exemplo, sempre nos reuníamos no cemitério João Batista. Em 1994, eu estava lá. Por volta das13:00hs, aproximadamente, eis que avistamos aquela pessoa maravilhosa, no seu salto, toda na seda amarelo-ouro, com um lindo buquê de rosas brancas, para prestar sua tão sincera homenagem à grande amiga Claridade !! Era ela mesma: " a poderosa Alcione ". Fez sua oração quietinha e logo depois nos cumprimentou educadamente. Foi simpática com todos alí, mas logo se retirou.

Na época eu já curtia seu trabalho, pois desde pequeno sempre gostei de música, e acompanhava pela tv vários cantores. Mas não posso dizer que era fã. Passaram-se alguns meses e, pra minha alegria, ela veio fazer um show aqui na baixada em São Vicente, lançamento do lp Brasil de Oliveira da Silva do Samba, no Samba Por Inteiro II. Combinei com dois amigos. Compramos uma mesa e ficamos próximos ao palco !!!! Eu estava com uma expectativa muito grande. Nervoso e ansioso ao mesmo tempo!


O show começou por volta das 2:15hs da manhã. Ela linda, toda de branco, esbanjando talento.
Não sei explicar, mas tinha momentos durante o show que ela cantando, olhava em direção a nossa mesa. Me olhava com um sorriso, que me emocionava muito. Ela cantou “Tô Com Saudade”, e eu desabei a chorar...Eu lembrava daquele primeiro encontro, e parecia que a Clara estava alí, ao lado dela. Depois cantou “Terecô”, “Usa e Abusa”, e outros sucessos mais... aí...pronto! Só foi remelecho pra todo o lado, parecia que eu tinha recebido uma entidade!!! (Rsrsrs)
O show acabou por volta das 4:20hs. Eu, nervoso, mas com a minha cara-de-pau, me aproximei do camarim. Haviam na fila umas vinte pessoas querendo falar com Alcione. Procurei o Rodnei, empresário que trouxe o show para a cidade. Falei que era do Grupo Clara Guerreira, e perguntei se eu teria condições de conseguir um autógrafo com a diva. Ele me disse: “Olha... já vou dizendo... Não te prometo! Vou lá dentro, e se ela tiver de boa maré... tudo bem! Espera aí um pouquinho!”. Esperei uns 10 minutos na fila. Estava nervoso! Eu tremia tanto que parecia que tinha inventado uma nova dança! (Rsrsrs). Escutei um “Ei, você aí!!!”. Olhei. Era o Rodnei: “Você mesmo! Do Clara Guerreira! Vem aqui!”. Me passou na frente de outras pessoas que ali estavam, e me levou até o camarim.

Aí que o bicho pegou! Fiquei mudo de início, mas aos poucos fui me soltanto. Tinha de ser rápido, porque além de tarde, Alcione estava com uma crise de bronquite. Fui bem recebido por ela, Solange e Maria Helena. Tirei fotos, ela autografou um disco meu, e ficou com uma reportagem que eu tinha sobre ela e Clara Nunes, que ela me pediu porque não tinha! Claro que eu dei, né? (Rsrs)

A partir deste momento começou meu amor de fã por ela, pela artista sensacional, profissional que ela é, e pela pessoa dela. Então foram se somando muitos shows e momentos inesquecíveis, cada um sempre especial. Acompanho-a sempre em tudo, nos shows, nos programas de tv... estou com ela onde for! Teve uma época que eu estava desempregado e não queria pedir dinheiro para meus pais para o ingresso de um show. Então me desfiz de uns bens materiais, comprei a entrada e fui. Só sei dizer que a considero muito tanto como artista quanto como pessoa. Pra mim é como se fosse uma pessoa da minha família. Pra não dizer que não tenho palavras, vou dizer apenas que pra mim ela é tudo !!!



Alcione, continuarei amando e respeitando você e toda a sua produção, que tanto admiro. Que Deus te ilumine sempre, para que continue nos dando muitas alegrias!

Nenhum comentário:

Postar um comentário