Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


08 dezembro, 2008

Alcione encerra mais uma temporada vitoriosa no Canecão

Alcione terminou neste último final de semana outra vitoriosa temporada no Canecão. O show da turnê De Tudo Que Eu Gosto, que esteve na mesma casa em julho, retornou com o mesmo sucesso para alegria do público. Alcione com um visual novo e ainda mais simpática do que nunca. E desta vez abriu as portas do camarim para receber seu público.

Seus fãs puderam parabenizá-la pessoalmente, da mesma forma que o fizeram ilustres como Glória Perez, Leda Nagle, Taís Araújo, Renata Caputti, o ex-bbb Marcelo, Fúlvio Stefanini, Juliana Paez (foto), Verônica Costa, Ailton Graça, Rogéria, Benedita da Silva, Antonio Pitanga, o novo governador do Rio de janeiro, Eduardo Paes e outros.



Além de fortes representantes do que existe de melhor na nossa mpb: Simone, Zélia Duncan, Emílio Santiago, Martinália, Dona Ivone Lara, Nana Caymmi, Fafá de Belém. O show manteve o mesmo vértice: Marrom reapresentou o disco novo, mesclando as novidades com antigos sucessos consagrados na carreira, e tudo isso em meio às famosas histórias que sempre pontuam o show dessa maranhense cheia de humor.



A voz estava impecavelmente linda e aveludada. Alcione mais magra e radiante como sempre. Esta temporada teve gostinho de despedida. Quem foi e gostou pode assistir novamente, e quem perdeu, teve chance de assistir pela primeira vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário