Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


14 maio, 2009

Memória: Campanha Nordeste Já, 1985.


Há 24 anos atrás, em maio de 1985, um time estelar da música popular brasileira se reuniu para cantar em prol das vítimas das enchentes que abalaram a Região Nordeste naquele ano. O encontro deu origem ao compacto "Nordeste já", vendido na época pela Caixa Econômica Federal, com renda destinada a ajudar aquela região que, ao contrário do que sempre ocorreu - a seca - não penava pela falta d'água, e sim pelo excesso dela.

2 comentários:

  1. Oi, Joelma!

    Tô te devendo uma conversa pelo MSN desde que fiz o primeiro contato contigo após aquele show em São Paulo, numa sexta-feira 13; mas minha vida virou um tumulto depois daquele dia. Apesar de tudo, sempre que posso dou uma olhadinha no Blog. Hoje não pude deixar de registrar um comentário: dia 12/05 eu havia mostrado para uma amiga que está hospedada em casa uma relíquia que guardava desde moleque. Trata-se do compacto "Nordeste Já". Incrível a coincidência, não é?
    Beijos e parabéns mais uma vez pelo lindo trabalho.

    Fabio de Sampa.

    ResponderExcluir
  2. Fábio! Que bom te reencontrar, ainda que por aqui! Muita coincidência mesmo... vê como são as coisas! E o assunto é bem atual até, lá pra cima tá terrível. Vamos marcar aquela conversa, né?

    Beijo grande!

    ResponderExcluir