Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


29 maio, 2009

Repercussão da apresentação de Alcione no show "Elas cantam Roberto - Divas".



“Minutos depois foi a vez de Alcione subir ao palco. Nesse momento, o primeiro arrepio foi sentido por todo o teatro. Alcione pegou ‘Sua Estupidez’ e comprou a briga. Pareceu até que a história da letra havia acabado de acontecer com ela, nos bastidores. Cantou com a alma, defendeu a música e já no primeiro verso, ‘meu bem’, fez o teatro tremer”. (Rolling Stone - Terra)

“O repertório essencialmente romântico do Rei foi prato cheio para as cantoras mais passionais. Se Alcione deu seu recado com interpretação intensa do sucesso ‘Sua Estupidez’, Fafá de Belém arrebatou com ‘Desabafo’. Arrasadoras.” (O Dia On Line)

“Essa oscilação do volume repetiu-se em outros números. Felizmente, não no de Alcione. Ela recebeu os primeiros aplausos mais entusiasmados, ao transformar “Sua Estupidez” num blues com seu jeito bem particular de cantar.” (IG Música)

“O Vozeirão de Alcione incendiou o Municipal com ‘Sua Estupidez’”. (O Globo)

“O outro levante veio com Alcione em "Sua Estupidez", que merecia um arranjo com maior peso.” (Diário do Grande ABC)

“O arranjo misturou cordas, metais e coro, mas não conseguiu soar tão exuberante quanto a voz de Alcione em Sua Estupidez (1969), um dos bons números do show Elas Cantam Roberto, realizado na noite de 26 de maio de 2009 no Theatro Municipal de São Paulo (SP). Com seu fraseado particular, cheio de nuances, a Marrom mostrou que figura no primeiro time de intérpretes da música popular brasileira. Bonito!” (Notas Musicais)

“O próximo bom momento foi de Alcione. Alguém tinha comentado: ‘O que é que a Marron faz num show destes?’. Ao que respondi: ‘espera e verás’. Dito e feito. Arrasou cantando Sua Estupidez.” (César Giobbi)

“A cantora Alcione foi uma surpresa, cantando Sua Estupidez com uma levada de blues, muito interessante.” (Tribuna Imprensa)

“Alcione e Martn‘ália também mexeram com a platéia, que se manifestou em raros
momentos.” (Gazeta Mercantil)

“Alcione (‘Sua estupidez’): Em uma palavra: sensacional. Quando ela entrou, até o lustre de cristal do teatro balançou e aplaudiu. Ninguém superou o seu vozeirão.“ (Marie Claire)

Um comentário:

  1. Edison Eduardo d:-)31 de maio de 2009 23:42

    Ahahaha... E alguém tinha alguma dúvida que a Marrom seria - A - RAINHA no show do REI????? abraço em todos deste MARAVILHOSO blog!

    ResponderExcluir