Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


21 agosto, 2010

Gravação do segundo Dvd da Velha Guarda da Mangueira.

Alcione, na foto ao lado com Jamelão Netto, participou no dia 27 de julho do segundo Dvd da Velha Guarda da Mangueira. Gravado ao vivo no Teatro Carlos Gomes, no Rio, o espetáculo ainda contou com outros convidados ilustres da nossa música. Jorge Vercillo, Lenine, Elba Ramalho, Sandra de Sá e Nelson Sargento emprestaram seus talentos para engrandecer o projeto da querida velha guarda. Vercillo cantou "Primavera", samba de Nelson Sargento e Alfredo Português, com participação do próprio Sargento. Lenine reviveu o samba-enredo "O Mundo Encantado de Monteiro Lobato", enquanto a Marrom mandou ver em "Lendas do Abaeté". A paraibana Elba Ramalho participou com "Ensaboa-Lamento de Lavadeira"; e Sandra de Sá com "Os Meninos da Mangueira", de Rildo Hora e Sérgio Cabral.
Fonte: Blog Notas Musicais

Nenhum comentário:

Postar um comentário