Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


08 março, 2010

Dia Internacional da Mulher!

No dia 8 de março, comemora-se o Dia Internacional da Mulher. Este ser que nasce para ser luz, para ser mãe, que nasce para fazer histórias. A mulher que gera o amor e que com a garra própria de quem ama, defende os seus, luta pelo seu espaço, pelos seus direitos. Nosso blog é em homenagem a uma dessas mulheres, que fez da sua vida uma história de vitória e sucesso, e que através da sua arte expressa como ninguém as vicissitudes da alma feminina, seu anseios, seu sofrer, e que Azuir Filho tão bem expressou neste poema que hoje transpomos aqui. Nosso parabéns a todas as mulheres, não pelo oito de março, nem pelo beijo e pelo abraço. Mas por ser o que são... Humus da humanidade, raiz da sensibilidade, tronco da multiplicidade, folhas da serenidade, flores da fertilidade, frutos da eternidade...
Essência da natureza humana.


Alcione é Maranhão e Brasil
Azuir Filho

"Deus lhe fez Mulher, e uma consagrada Lutadora.
Alcione Dias Nazareth, é Cantora e compositora.
Sabe encantar com a canção, maravilhosa Guerreira.
Mestra e Artista do Maranhão, Alcione Brasileira.

Cantar e tocar o que mais quis, Mulher uma poesia.
Sonho natural de São Luiz, tambores rufam de magia.
Representa toda imensidão, Mulher Porta Bandeira.
Mestra e Artista do Maranhão, Alcione Brasileira.

Inspirada, tranqüila e serena, sabe se apresentar.
Genial de pequena, filha do mestre da banda militar.
Com o pai viu toda lição, a dominar a arte inteira.
Mestra e Artista do Maranhão, Alcione Brasileira.

Cidadã consciente humanista, é ativista no social.
Extraordinária instrumentista, uma Jóia Nacional.
Boa de Cuca e de coração, Sambista e Cancioneira.
Mestra e Artista do Maranhão, Alcione Brasileira.

Desde cedo seu pai ensinou, a instrumentos tocar.
Aprendeu e aperfeiçoou, no metal corda e batucar.
Mulher de toda criação, é empreendedora e obreira.
Mestra e Artista do Maranhão, Alcione Brasileira.

Curso normal altaneiro, e no magistério se formou.
Mudou pro Rio de janeiro, e na Excelsior trabalhou.
Na América do Sul excursão, Latina e sobranceira.
Mestra e Artista do Maranhão, Alcione Brasileira.

Na Europa ela morou, e voltou a Diva Consagrada.
Divina o mundo conquistou, uma Artista tão Amada.
Disco de ouro por aclamação, a voz linda Altaneira.
Mestra e Artista do Maranhão, Alcione Brasileira.

Com o Samba a identidade, com o povo a insurgir.
Amada em toda Comunidade, contribui no evoluir.
Sempre soma pra educação, professora de primeira.
Mestra e Artista do Maranhão, Alcione Brasileira.

Marrom é seu apelido, e lhe faz se bamba pra valer.
Jeito apaixonado querido, não deixa o samba morrer.
Garante-nos a evolução, três décadas de carreira.
Mestra e Artista do Maranhão, Alcione Brasileira.

O surdo e Meu vício e você, Pandeiro é meu nome.
Rio Antigo, Depois do prazer, Garoto maroto, some.
A loba e Uma nova paixão, Meu ébano e a Mineira.
Mestra e Artista do Maranhão, Alcione Brasileira.

19 discos de ouro ganhou, Grande Dama Madrinha.
Enredo de Escola brilhou, de todo Brasil é Rainha.
Sua passagem é lição, tão Luminosa Caminheira.
Mestra e Artista do Maranhão, Alcione Brasileira.

No Maranhão é santidade, e faz o Brasil santificar.
Orgulha a Nacionalidade, de nossa soberania elevar.
No Brasil cada região, lhe homenageou guerreira.
Mestra e Artista do Maranhão, Alcione Brasileira.

Maravilhosa de fato, é a conterrânea que se quer.
Já é nome de Teatro, e Elevado Alcione Nazareth.
É Intimidade e adoração, já é Heroina e Padroeira.
Mestra e Artista do Maranhão, Alcione Brasileira.

É uma Agente Cultural, verdadeira unanimidade.
Uma Interprete sem igual, é de total popularidade.
Mulher que é a Paixão, e benfeitora da Mangueira.
Mestra e Artista do Maranhão, Alcione Brasileira.

Divina é do ABC do Samba, A de Alcione é ideal.
B Beth Carvalho bamba, C Clara Nunes sem igual.
Mulher do tipo seleção, campeoníssima e altaneira.
Mestra e Artista do Maranhão, Alcione Brasileira."

Poesia de Homenagem a Alcione Dias Nazareth, conhecida como a Marrom pela sua pele morena e sua voz carinhosa e apaixonante. Nascida no Maranhão, terra dos tambores e da Musicalidade. É queridíssima em todo o Brasiil e em especial no Rio de Janeiro porque é da Escola de Samba Primeira de Mangueira onde desenvolve trabalhos com as crianças e é benemérita da Agremiação tão popular do Samba.

Alcione é Cantora, Compositora e Instrumentista, Seu Pai era Maestro de uma Banda Militar e Alcione desde menina participava, aprendeu muito e se formou o gênio Artístico que todos conhecem e admiram pela poderosa expressão de beleza e arte.
Alcione Não Deixa o Samba Morrer. Verdadeiro Vendaval da Vida.
Mestra e Artista do Maranhão, Alcione Brasileira.

Referência: Site Overmundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário