Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


11 agosto, 2010

Musicais caprichados e Alcione concorrendo como melhor cantora de samba, hoje, na premiação do 21º Prêmio da Música Brasileira.

Hoje acontece a entrega do Prêmio da Música Brasileira 2010, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Este ano, a homenageada do prêmio é Dona Ivone Lara. Ela e outros grandes artistas da nossa música subirão no palco para versões de canções da rainha do samba brasileiro. A seguir, a lista das apresentações musicais:

Dona Ivone Lara canta “Sorriso Negro” e “Sonho Meu”, Arlindo Cruz canta “Canto de Rainha”, Roberta Sá canta “Cansei de Esperar Você”, Casuarina e Délcio de Carvalho com o medley “Candeeiro/Alvorecer/Sereia?Guiomar”, Maria Gadu canta “Força da Imaginação”, Lenine canta “Alguém Me Avisou”, Letieres Leite & Orkestra Rumpilezz tocam o medley “Samba de Roda/Tiê/Axé de Iangá”, Ana Costa, Aline Calixto, Luiza Dionizio, Nilze Carvalho e Diego Moraes cantam o medley “Enredo Do Meu Samba/Mas Quem Disse Que Eu Esqueço”, e Caetano Veloso canta “Acreditar”.

A direção musical fica por conta do grande maestro/mestre Rildo Hora. E o time de músicos que se apresentarão não fica por menos, não: João Carlos Coutinho (Piano e acordeon), Bororó (Baixo), Jorge Gomes (Bateria), Marcos Arcanjo (Violão/guitarra), Marcio Almeida (Cavaquinho), Dirceu Leite (Sopros), Pretinho da Serrinha e Nenê Brown (percussão), Léo Ortiz (Primeiro violino), Glauco Fernandes (Segundo Violino), Jesuina Passaroto (Viola), Iura Ranevsky
(Cello) e Tânia Machado e Sarah (vocais). Em alguns números, ainda haverá o acréscimo da bateria do Império Serrano.

Alcione, que tem shows dias 12 e 13 no Vivo Rio, não vai cantar na premiação, mas concorre como melhor cantora de samba com o cd "Acesa". Ela, que já levou o prêmio em 1987, 1988, 1990, 1991, 1994, 1996, 2001, 2003, 2004, 2005, 2006 e 2008, num total de 12 vezes, disputa em 2010 com as novatas Aline Calixto e Luiza Dionizio.

Assista as vinhetas do 21º PrÊmio da Música Brasileira:

Fonte: Blog do 21º Prêmio da Música Brasileira

Nenhum comentário:

Postar um comentário