Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!

21 novembro, 2010

Essa é a Marrom! Mais um ano de vida! Mais alegria pra gente!

Em 1978, Alcione dizia que queria mostrar ao povo brasileiro o que veio fazer na música do nosso país... Lá se vão vários anos, e a menina pobre que nasceu em São Luis do Maranhão conquistou seu espaço, andou Brasil e andou mundo. O Sabiá Marrom criou asas e voou pelos quatro cantos com o dom e a ciência de sua missão, ajudando a escrever a história da nossa música. Hoje, no dia em que completa 63 anos de vida - e às vésperas de completar 40 anos de carreira - podemos entender que os feitos alinhavados no tempo com determinação, coragem e delicadeza falam por si. Alcione veio para somar, para acrescentar e para fazer diferente. Fazer de um jeito só dela, que só ela tem, que só ela pode. A Marrom veio para nos iluminar com sua luz, nos conduzindo a um mundo de sensações através da sua voz. Veio para nos fazer felizes, e nos faz! Só nos resta pedir a Deus que à abençoe com muita paz, amor, saúde e muitos anos de vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário