Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!

07 março, 2011

Alcione se esquiva sobre rumor de saída de Ivo Meirelles da Mangueira

Depois de Ivo Meirelles ter parafraseado Cartola e dito: "Mangueira, eu fiz tudo o que pude", a desconfiança sobre uma possível saída do presidente da Mangueira surgiu na Sapucaí. A cantora Alcione, que desfila em uma das agremiações mais tradicionais do Carnaval do Rio de Janeiro há mais de 30 anos, diz ter interpretado a frase como: "agora façam sua parte". No entanto, ela disse que não sabe se Ivo sairá da presidência da Mangueira. "Ele não disse nada para mim", afirmou a cantora.

Questionada sobre quanto a escola perderia com a saída de Meirelles, Alcione disse que não era possível mensurar. "A Mangueira sempre perde com a saída de um presidente, mas a escola vai se renovando", completou.

Depois de terminar o desfile em cima do tempo máximo permitido, a Mangueira entrou na dispersão da Sapucaí com muita pressa para não estourar o limite e não perder pontos. A rainha de bateria Renata Santos afirmou que é difícil fazer uma avaliação do desempenho da escola.

"Agora é difícil. Depois vou ver como nos saímos. Esperamos ter errado menos possível", afirmou a musa. No Carnaval 2011, a Mangueira homenageou Nelson Cavaquinho.
Fonte: Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário