Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!

21 março, 2011

Discurso de Obama no Rio


“O discurso foi emocionante.
O presidente dos Estados Unidos
respeita o Brasil e conhece a
trajetória do País”, elogiou Alcione,
que aparece na foto ao lado, antes
de entrar no Municipal.
_______________________


O principal compromisso de Obama foi um pronunciamento ao povo brasileiro. O local escolhido para o discurso foi o Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Artistas e políticos foram convidados para a cerimônia. Na lista, os atores Lázaro Ramos e Taís Araújo, a cantora Alcione e a ex-senadora Marina Silva (PV-AC).

Informal, o presidente dos Estados Unidos começou o discurso saudando o público com um português com sotaque: “Alô, cidade maravilhosa!”, disse, aplaudido. Também falou de futebol e citou o cantor Jorge Ben Jor e o escritor Paulo Coelho.

Em seguida, pregou uma relação de igualdade entre Brasil e EUA. Disse que os dois países não devem ser parceiros “sênior” e “júnior”, mas “parceiros iguais”.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário