Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


11 maio, 2011

Alcione no "Conversa de Artista"

O "Conversa de Artista", dentro dos projetos do Departamento Cultural da UERJ, traz a cada edição um convidado,  
representante das mais variadas expressões artísticas. Antônio Pitanga faz as vezes de anfitrião e entrevistador. 



Antes de cada entrevista são apresentadas imagens do trabalho deste artista através de vídeos/fotos.

Nesta última terça-feira (10), a convidada foi nossa Marrom. Ela também foi entrevistada pela professora Ilana Linhales, do Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira/UERJ, e respondeu perguntas sobre temas culturais, religiosos e políticos, como a que versou sobre a nova lei da união civil homossexual. Marrom disse  ser a favor da lei, não apenas por conta da possibilidade de brigas familiares em virtude da morte de um dos cônjuges, mas também porque todos temos o direito de sermos livres, até e, principalmente, para amar. Mandou bem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário