Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!

28 maio, 2011

E o Canto Alegretense, agora, tem mais sabor!

Retornando de uma vitoriosa temporada em Portugal, onde foi aplaudida de pé por nossos irmãos lusitanos, Alcione desembarcou em Porto Alegre para um show na Planet Music Hall nesta última sexta-feira (27).

Nossos ingressos já estavam na mão há mais de semana e a ansiedade, sempre inversamente proporcional ao tempo de espera, fez crescer nestes últimos dias. Às vésperas de um show, não importa quantos você tenha no currículo: cada um é sempre como se fosse o primeiro.

Assim que chegamos ao local, nos surpreendeu a estrutura maravilhosa que foi, oportunamente, elogiada por Alcione já no início do show. A casa é propriedade de Ronaldinho Gaúcho, de quem Alcione é amiga e declaradamente fã. Aliás, quando se trata deste quesito, a reciprocidade prevalece soberana. E quem ganha com isso é o povo gaúcho, que ainda terá o privilégio de receber Alcione nesta casa pelo menos mais duas vezes este ano!

Nossa negona já havia dito em entrevista à rádio local, logo no início da tarde, que entraria que nem cinderela, perdendo o sapato. Pois à meia-noite, banhada pelas luzes de Bimbão e sob respaldo da inseparável Banda do Sol, eis que entra nossa Marrom. Saudou com carinho os porto-alegrenses, e saudou também a galera do blog Morena Forrozera.

Marrom passeou delicadamente por um repertório que mesclou grandes sucessos de sua carreira. Pegou um trem de Teresina à São Luís, com a rapidez de uma estrela cadente, apenas para homenagear nosso saudoso João Nogueira, que tinha como poucos o poder da criação. Ninguém pode imaginar que veneno tem o beijo desta negona, que roda a baiana, incorpora e não quer subir. A mulher ideal, além do bem e do mal, saudou na avenida Benito di Paula, envolta em retalhos de cetim. Tirou o chapéu para o Marquinhos, que não é negão, mas mulatinho; e, no fim, ganhou de virada, sem deixar o samba acabar, mas com uma dose na medida daquela velha e boa influência do jazz. Uma sonhadora em flor! E a gente não se cansa de fazer uma loucura por ela, mesmo que ela chegue, mal nos beije e... vá embora! Alcione, não tem mesmo jeito! Nosso mundo é teu! Só não me perguntes onde fica, siga o rumo do teu próprio coração!

É... o Canto Alegretense já não é o mesmo. Agora ele tem um gostinho do cuxá, uma coisa só dela que fica na gente. A plateia presente cantou afinada cada canção. Essa negona sabe como nos fazer feliz! Uma sinergia fantástica em prol da celebração de um dom, da celebração da música. Quanto bem pode proporcionar um ser, pelo simples fato de existir e se fazer instrumento!

No final, fomos retribuir todo o carinho. Matamos as saudades da Claudinha, que é sempre toda atenção e nunca mede esforços para nos receber bem. Maria Helena elogiou o texto e a delicadeza de nosso amigo Edu. Disse que fez questão de ler a resenha do moço para Solange e Alcione, que nos falou empolgada de sua viagem à Portugal e, orgulhosa, da participação que fará em Veneza, Itália, na Bienal das Artes, nesta semana próxima. Nossa negona está toda internacional! Poucos são capazes de representar tão bem nosso país lá fora. Um orgulho para a gente!

Quanto ao novo trabalho, mostrou-se interessada pela enquete do nosso blog. E já adiantou: vai regravar “Medo” de Roberta Miranda e “Só teu amor pra me salvar” do grande poeta Altay Veloso, ambas do disco Promessa, de 1991. O show de gravação do novo dvd será dia 3 de julho e ela conta com a gente lá! Lá estaremos, na Quinta da Boa Vista, Rio, com certeza e a graça de Deus!

   



Nenhum comentário:

Postar um comentário