Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


15 junho, 2011

Alcione reforçou o "Mar Vermelho"

Por Carlos Fernando Marão
A passeata 'SOS Bombeiros', que tomou a orla de Copacabana na manhã do dia 12 de Junho, contou com uma presença especial, como já noticiado pela mídia. Alcione, a madrinha da corporação desde 2005, foi uma das primeiras a chegar no calçadão em frente ao Copacabana Palace, ponto de encontro dos manifestantes. Pedindo anistia aos 439 presos, o reforço da Marrom serviu para solidifcar o apoio da classe artística ao movimento. No começo da passeata, chamada de 'Mar Vermelho' pelos veículos da imprensa carioca, Alcione subiu no trio elétrico e após as palavras de um dos líderes do ato, que rezou um Pai Nosso, emendou uma Ave-Maria e cantou o hino nacional, acompanhada da Banda da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. Ela falou com várias emissoras de rádio e televisão, sempre destacando que o governador Sérgio Cabral é um homem sensível e que, com ''a cabeça fria'' irá pensar melhor em toda essa situação.





Nenhum comentário:

Postar um comentário