Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


11 outubro, 2011

Mangueira e Renascer definem sambas para o carnaval 2012



Duas escolas do Grupo Especial escolheram, no fim de semana, os sambas-enredos que prometem levantar a Avenida nos desfiles do carnaval 2012. A Mangueira presta homenagem ao bloco carnavalesco Cacique de Ramos. Já a Renascer de Jacarepaguá, que está pela primeira vez no Grupo Especial, vai homenagear o artista plástico Romero Britto.

A Renascer de Jacarepaguá subiu do Grupo de Acesso para o Especial este ano e vai abrir os desfiles no domingo do carnaval carioca em 2012, com o samba-enredo “Romero Britto, o artista da alegria dá o tom na folia”, de autoria de Cláudio Russo, Adriano Cesário, Fábio Costa e Isaac, superando outros três concorrentes.

“Um presente maravilhoso, eu acho que é o maior presente que eu recebi na minha vida é ser homenageado por uma escola de samba, aqui no Rio de Janeiro”, afirmou Romero Brito, um dos artistas plásticos mais premiados no exterior, que fez aniversário neste domingo (9) e comemorou na quadra da Renascer de Jacarepaguá.

Na Mangueira, eram três finalistas com o enredo “Vou festejar, sou Cacique, sou Mangueira”.
Antes da apresentação dos concorrentes, a Mangueira recebeu uma visita ilustre. O estilista francês Jean Paul Gaultier, no Rio para lançamento de um documentário sobre ele, fez questão de conhecer a quadra da escola verde e rosa. E teve direito a roda de samba com Alcione.

De madrugada, o presidente da escola, Ivo Meirelles, anunciou o vencedor, citando parte da letra do samba, de autoria de Igor Leal, Lequinho, Junior Fionda e Paulinho Carvalho. “Respeite quem pode chegar onde a gente chegou”, disse o presidente, para iniciar a festa na quadra da verde e rosa.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário