Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


23 novembro, 2011

Aniversário da Marrom

Como é de costume, Marrom organizou uma big festa para comemorar ao lado dos amigos e da família a passagem de mais um aniversário. Tive, mais uma vez, a honra de ser convidada e como não sou doida, cumpri minha jornada de trabalho de segunda-feira e embarquei para o Rio. Depois de uma escala em Guarulhos e de quase uma hora de táxi até o final da Barra da Tijuca, cheguei à casa da Marrom. A festa já estava bombando!

Para organizar tudo isso que vocês podem ver nas fotos, o pessoal da casa começou a trabalhar três dias antes. É claro que o danado do Chico Coimbra já estava por lá desde sexta-feira, afinal, é sempre ele o responsável por aquela decoração maravilhosa e este ano não foi diferente. Para dar brilho, as luzes de Bimbão e aí, depois dos quitutes preparados com todo o carinho (alguns, pela própria aniversariante), só mesmo a bela companhia dos amigos que estavam lá presentes. Vera, Claudinha, Rosana, Aline, Jorginho, Roberta e Carlos, Carlos Fernando... Ahhh... e o meu garçom também, quanta alegria ele me proporcionou!

Alcione circulava entre os convidados, sem esconder o contentamento. Entre os amigos anônimos estavam muitos famosos, a exemplo de Emílio Santiago, Elymar Santos, Rogéria, Áurea Martins, Xande de Pilares, Ailton Graça, Neguinho da Beija-Flor e outros. Senti falta do Zeca, que não pode comparecer por questões de agenda. Mas o isopor dele estava lá, prontinho, cheio de Brahmas que, por sinal, Rosana e Márcia logo deram jeito de consumir. Marrom cumprimentava a todos com aquela receptividade que nos deixa mais que felizes. Foi assim que me recebeu. Beijei-a, cumprimentando-a pela data e levando comigo o carinho de todos nós, que somos fãs dessa diva.

Durante a festa, um telão reproduzia Dvds de sucesso, como o de Zeca Pagodinho e  o Dvd da aniversariante, ainda inédito, "Alcione Ao Vivo na Mangueira". Não deu para acompanhar todo, porque a companhia era agradável demais e o papo estava ótimo, mas pelo que deu para ver, não tem quem não irá gostar.

Antes do "Parabéns Pra Você", uma surpresa para a Marrom. Parte de integrantes da Bateria da Mangueira, que fizeram participação especial no Dvd, invadiram a casa no comando de Ivo Meirelles e deram um show! Marrom acompanhou-os em várias músicas, com canja de Elymar Santos e até de Rogéria, depois de uma performance de "Happy Birthday To You" a lá Merilyn Monroe. Quando Alcione posicionou-se atrás da mesa do bolo, a Bateria entrou na casa e todos cantaram para a Marrom. Ela ofereceu o primeiro pedaço de bolo para a irmã de Iolanda, que estava presente na festa. Iolanda, além de já ser amiga de toda a família, trabalhou com Alcione durante muitos anos, vindo a falecer este ano.

Os convidados saíram de lá com lembrancinhas da festa: canecas térmicas com a arte do Jam Session e flores e anjinhos feitos de meias de seda pela sobrinha de Alcione, Márcia Nazareth. E a festa continuou animadíssima até a madrugada. Mas no final, só os fortes sobrevivem. Eu (louca de sono, nem falava), Rosana (falava por mim e por mais uns três), Carlos Fernando, Márcia, Jorginho, Aline, Dodô e Haroldo continuamos até às 4:30hs. Peguei meu táxi, entrei no avião, desci em Porto Alegre e peguei no batente até às 17:00hs, feliz.










Nenhum comentário:

Postar um comentário