Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


14 janeiro, 2012

Alcione canta no desfile de Victor Dzenk, no Fashion Business inverno 2012

Ninguém menos do que Alcione cantou no desfile de Victor Dzenk, que aconteceu no Fashion Business na noite desta sexta-feira (13), no Rio de Janeiro.


A escolha do minishow ao vivo é acertadíssima, já que o estilista, especializado em vestidos de festa estampados, se inspirou em São Luís do Maranhão, terra natal da sambista.
Alcione cantou três músicas. Ela começou com Bela Mocidade, atrás de uma cortina. Ali cantou ainda outra. Na terceira, entrou na passarela, reverenciada pelo público. Regina Casé estava lá e não esperou a cantora e amiga voltar aos bastidores: levantou-se da fila A e deu um abraço na passarela.

Alcione já está se tornando uma fashionista: ela foi escolhida e clicada por Mario Testino como uma das personalidades que faziam a cara do Rio de Janeiro, publicado na edição histórica da Vogue, de maio de 2011.

Fonte: Vogue

Nenhum comentário:

Postar um comentário