Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


04 janeiro, 2012

Virada do ano em São Luís com a Marrom

Por Carlos Fernando Marão
Esse ano, Alcione passou a virada do ano do jeito que gosta... Em São Luís! Acompanhada da família e amigos mais íntimos, ela chegou cedo aos bastidores do palco principal da Avenida Litorânea, na praia do Calhau. Como é de praxe, reuniu todo mundo que a acompanha e fez suas orações e pedidos ao ano que estava se aproximando. Depois disso, mostrou pra que veio nesse mundo! No repertório, ''Além da Cama'', ''Mulher Ideal'', ''Retalhos de Cetim'', ''Sufoco'', ''De Jamaica a São Luís, ''Pedra de Responsa'' e muitas outras! A multidão delirava a cada nova canção apresentada e ouvia com cautela o que a cantora dizia entre uma música e outra, principalmente quando disse que 2012 seria um ano muito bom para aqueles que sempre fizeram o bem; e que toda forma de energia positiva devia ser pensada durante aquela noite!



Faltando 10 minutos para a meia-noite, ela saiu do palco e o cantor e compositor César Nascimento cantou ''Ilha Magnética'', que em seu refrão diz: 'Eu jamais te esquecei, São Luís do Maranhão...'! Na contagem regressiva, ela voltou ao palco para saudar seus conterrâneos e logo após confraternizar com seu povo, seguiu para o hotel Pestana, onde fez uma participação especial dentre as atrações da noite!



Porém, a noite na Litorânea não parou por aí... A escola de samba Beija-Flor de Nilópolis, que esse ano tem o enredo ''São Luís, o Poema Encantado do Maranhão'', continuou a festa, botando os maranhenses para sambarem com sua bateria, passistas e mestre-sala e porta-bandeira, seguida do Bicho Terra e da banda Sarypa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário