Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!

21 fevereiro, 2012

Largada é o mais importante, diz Alcione sobre desfile da Mangueira

Após desfilar pela Beija-Flor na primeira noite do Carnaval carioca homenageando Joãosinho Trinta e sua terra natal, São Luís (MA), a cantora Alcione voltou à Sapucaí na madrugada desta terça-feira para lembrar, desta vez pela Mangueira, os 50 anos do bloco Cacique de Ramos. Segundo Alcione, o segredo para um bom desfile está na "largada" da bateria. "O mais importante é a largada. Se a bateria entrar bem, o resto anda sozinho. O samba é bom, e isso vai ajudar muito a contagiar o público", disse.

Do Cacique de Ramos surgiram sambistas como Jorge Aragão, Almir Guineto, Arlindo Cruz, Zeca Pagodinho e Neguinho da Beija-Flor. "Eu não poderia faltar a uma homenagem a um bloco tão importante como o Cacique de Ramos. São 50 anos trazendo nomes importantes para a música popular brasileira. A Beija-Flor fez ontem um desfile excepcional, e espero que isso se repita hoje com a Mangueira", completou Alcione. A Mangueira entrou na Sapucaí para cantar o enredo Vou festejar! Sou Cacique, sou mangueira.

Fonte: Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário