Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!

11 abril, 2012

Alcione recebe medalha Tiradentes na Assembleia Legislativa

Com a desenvoltura de uma artista em apresentação, a cantora Alcione transformou em palco o Plenário Barbosa Lima Sobrinho da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Foi ela quem comandou a festa e deu o tom na cerimônia em que recebeu a Medalha Tiradentes, nesta quarta-feira (11/04), das mãos do deputado Chiquinho da Mangueira (PMDB) pelos seus 40 anos de carreira.



A festa começou com uma apresentação da bateria da escola mirim da Mangueira e um vídeo com um pot-pourri de músicas da Marrom. Segundo o deputado, homenagear a cantora com a mais alta comenda da Casa é uma forma de reconhecer não só seu talento musical, mas também seus serviços prestados à cultura e à população fluminense. “Alcione tem uma visão social, pois, há 25 anos, junto comigo, fundava o projeto Mangueira do Amanhã, algo que mudaria toda a estrutura da escola”, disse Chiquinho.


A carreira de 40 anos conta com um invejável currículo profissional, que inclui 27 discos de ouro, cinco de platina, um duplo de platina, uma galeria com 350 troféus e inúmeros títulos e honrarias. Para Alcione, a medalha é uma forma de também homenagear seu estado, o Maranhão, e os amigos. “É muito importante isso. Como diria o Cartola, estou recebendo flores em vida. Fico muito feliz e agradecida”, declarou.

Fonte: Jornal do Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário