Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


16 agosto, 2012

Show na Via Funchal com a galera do fã clube de São Paulo


Por Elias Gomes da Costa
Estive no show da Via Funchal, que aconteceu no dia 11.08.2012 e vou contar algumas coisas para vocês. Vamos começar pelo elenco de músicas que foi escolhido para este show:

01- Tem dendê
02- Além da cama
03- Estranha loucura (Depois de comentar sobre as duas músicas mais votadas pelo fã clube (pedido dos fãs ), cantou primeiro a que ficou em 2º lugar na votação e depois a vencedora)
04- Medo
05- Metade de mim (E seguiu o baile...)
06- Faz uma loucura por mim (bem apaludida pela plateia)
07- Primo do jazz
08- Mulher ideal
09- A loba
10- Encontro marcado (agradeceu a presença do Elias das plumas e de Piná)
11- Se não é amor
12- Poder da criação
13- Nem morta
14- Velho barco
15- Meu ébano (logo após pediu aplausos com carinho para a Banda do Sol)
16- Você me vira a cabeça (nesse momento arrancou delírios da plateia, sendo muito aplaudida)
17- Minha missão
18- Pulsa coração
19- Sufoco (a pedido de fãs)
20- Todavia (soltou o seu gogó como ninguém mais solta... comentou sobre o dia dos pais e dedicou a música seguinte a todos os pais e em especial ao pai dela)
21- Cajueiro velho
22- Santo de mesa (música do Djavan)
23- Gostoso veneno
24- Retalhos de cetim
25- Não deixe o samba morrer (encerrando o show)


O públicou ficou de pé, aplaudindo e pedindo bis! Em seguida, aquele alvoroço para entrar no camarim... Seguranças e produção, todos atentos com a glomeração que se formou. Em meio aos fãs, Claudinha e Vera, com toda generosidade de sempre, nos liberando a passagem para o encontro com nossa diva. Dentre amigos, Sandrinha, Dona Carminha, Dandara e Cia ltda. Fomos muitos bem recebidos pela produção em geral. Nosso amigo Carlos Marão estava lá.


Ainda houve entre os familiares e amigos mais chegados um parabéns para Maria Helena, aniversariante no dia 12/08. Levei para Marrom ver uma camiseta com uma imagem minha com ela que uma amiga e artista plástica pintou à mão para mim. Ela e produção gostaram muito. Mesmo com muito calor e com ar de um pouco exausta, nossa carinhosa Alcione nos recebeu com muito carinho, como sempre, nos dando a honra de posar para algumas fotos ao seu lado.





Nenhum comentário:

Postar um comentário