Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


30 setembro, 2012

Alcione e Zeca Pagodinho encerram shows em homenagem a São Luís

A cantora Alcione se apresentouo ontem (29) na Lagoa da Jansen (Foto: Reprodução)Realizada ontem (29) a última noite dos shows em comemoração aos 400 Anos de São Luís. Alcione, Zeca Pagodinho e show “Puxadores de Samba” maranhenses, encerraram 6ª a festa que durou todo o mês de setembro.

A festa começou às 19h com o grupo Sindicato do Samba. O sambista Zé Pivô, da Escola de Samba Turma de Mangueira, também participou da noite de celebração à cidade. Também participaram do show os puxadores Rose, Vovô, Gabriel Melônio, Ribão D’Oludô e Oberdan Oliveira, que fizeram farão um passeio pelos sambas de todos os tempos.

Alcione
A cantora maranhense Alcione agitou e emocionou milhares de pessoas que assistiram ao show na Lagoa da Jansen. A cantora, que completa 40 anos de carreira em 2012 homenageou sua terra natal cantando reggae, “Parabéns a você”, além de toadas e músicas carnavalescas e composições de conterrâneos e dedicou uma canção à apresentadora Hebe Camargo, que faleceu na tarde de sábado.

Zeca Pagodinho encerrou a noite de comemorações aos 400 anos de São Luís. (Foto: Reprodução)
Zeca Pagodinho subiu ao palco por volta das 22h. O sambista apresentou o show “Vida da Minha Vida”, fazendo um passeio musical por sua trajetória de sucesso. Sambas consagrados do cantor como ” Vou Botar Teu Nome na Macumba”, “Verdade”, “Vai Vadiar”, “Coração em desalinho”, “Vacilão”, “Tempos de Don Don”, “Terreiro em Acari”, “Tempo de Criança”, “Seu Balancê”, “Se tivesse dó”, “Quem é Ela”, “Deixa a Vida me levar”, entre outras canções em balaram a noite.

No show Zeca Pagodinho também cantou a música “Orgulho do Vovô” feita em homenagem ao neto.

Um comentário: