Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


31 janeiro, 2013

Alcione e Diogo Nogueira abrem o Terreirão do Samba

A partir do próximo final de semana (dias 1 e 2 de fevereiro), o histórico palco João da Baiana irá receber artistas do primeiro time do samba carioca, abrindo a programação de shows populares no Terreirão do Samba. E quem abre a temporada de 2013 nesta sexta-feira é a cantora Alcione, um dos maiores nomes da música nacional. 

A cantora promete animar o público com um repertório de sucessos. Canções como “Meu Ébano” e “Minha estranha loucura” são apenas algumas das músicas que farão parte do espetáculo.
Além da Marrom, que sobe ao palco às 23h40, outras atrações farão a alegria do público neste primeiro final de semana. Ainda na noite do dia 1, o grupo Fundo de Quintal se apresenta às 1h20. Uma roda de samba comandada por Igor Sorriso, Bruno Ribas, Celino Dias encerra a noite na Praça XI.

No sábado, dia 02, é a vez de Diogo Nogueira subir ao palco e animar a plateia com seus hits a partir de 1h20. Antes dele, às 23h40, quem se apresenta é Adriano Ribeiro. Fechando a noite tem ImaginaSamba e uma roda de samba formada Preto Joia, Tinga e Wantuir.

Berço do samba na Praça XI, o Terreirão do Samba é, durante o Carnaval, o "point" para quem gosta de samba e pagode de qualidade por um preço acessível. No projeto do novo Terreirão, executado pela RioUrbe, a capacidade de público é de 16 mil pessoas por noite de evento. Foram construídos 35 quiosques, uma estrutura fixa de 75 banheiros, além de administração e bilheteria. 

O palco João da Baiana também recebeu melhorias: uma cobertura em formato de concha e quatro camarins que recebem os artistas com mais conforto. A reforma, que segue todas as normas de acessibilidade, também incluiu nova pavimentação, iluminação cênica, elementos decorativos e instalações elétrica, hidráulica e sanitária e prevenção contra incêndio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário