Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


17 janeiro, 2013

Cidade do Samba teve Alcione na segunda-feira

Por Juliana Fernandes
Quando cheguei na Cidade do Samba, já tinha começado a maratona de shows, com grupos de pagode se apresentando. Depois dos grupos, vieram as Mulatas do Samba e Monarco da Portela cantando grandes sambas da sua escola de coração. Mas o que todos estavam esperando ainda estava por vir... O clima de ansiedade aumentava a cada momento.

Tive o enorme prazer de encontrar  Soca, Penco, Vera de Sá, Rosana Baldez, Ivone Nazareth... Logo após Monarco, subiu ao palco Ana Costa, que inclusive já cantou com Alcione. Depois de Ana, Emílio Santiago, que cantou sucessos como Verdade Chinesa, Saigon, Só Danço Samba... Com Emílio concluindo seu show, chegou enfim o momento mais esperado: Alcione sobe ao palco! Com um vestido cheio de glamour e brilho, louríssima! Alcione cantou alguns sucessos como Não Deixe o Samba Morrer, Pedra 90, Chora Coração, A Loba, Mutirão de Amor, Novo Endereço e o samba-enredo da Estação Primeira de Mangueira do ano de 2002! E com esse samba fez uma homenagem ao Mestre Delegado, que faleceu ano passado. Mesmo sem conseguir tirar uma foto com Alcione, como eu estava bem grudada no palco, ela com carinho apertou a minha mão... Com o coração cheio de alegria fui embora!

Um comentário:

  1. realmente foi muito lindo muito emoçionante eu estava lá e só por ter tido a honra de chegar perto dela e tocar em sua mão pra min já valeu apena mais espero um dia conseguir tirar uma foto com ela pois a amo demais e que a cada dia que passe ela fique melhor e continue sempre emcantando nosssos corações com suas canções

    ResponderExcluir