Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


19 fevereiro, 2013

Alcione saúda Jamelão em show no Recife em duo com Serginho Meriti


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


Fonte: Blog Notas Musicais
 
Alcione animou o Carnaval da Capital de Pernambuco sem esquecer de celebrar sua vivência na Mangueira, uma das escolas de samba mais tradicionais da folia do Rio de Janeiro (RJ). Além de dar voz a dois sambas-enredos da agremiação verde-e-rosa, em show no palco do Marco Zero iniciado já na madrugada desta segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013, a Marrom cantou samba em homenagem a José Bispo Clementino dos Santos (1913 - 2008), o Jamelão, o mais famoso intérprete dos sambas-enredos da Estação Primeira. Intitulado Pedra 90 (Serginho Meriti, Gilson Bernini e Rody do Jacarezinho), o samba foi feito em homenagem aos 90 anos de Jamelão e gravado por Alcione no CD Uma nova paixão (Indie Records, 2005). No show no Recife, Pedra 90 ganhou a adesão de Serginho Meriti (visto com Alcione na foto de Rodrigo Amaral). Aproveitando que o compositor do samba estava na plateia do festivo show, a cantora convidou Meriti para subir ao palco do Marco Zero para um dueto improvisado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário