Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


13 junho, 2013

Alcione é melhor cantora de Samba do 24º Prêmio da Música Brasileira

 
A cantora Alcione recebeu na noite desta quarta-feira (12) o prêmio de melhor álbum categoria Samba, no 24º Prêmio da Música Brasileira, que aconteceu no Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

Com o álbum Duas Faces - Ao Vivo na Mangueira, a Marrom concorreu com Mariene e Ana Costa, com os discos Tabaroinha e Hojé é o Melhor Lugar, respectivamente. A apresentação do prêmio ficou por conta de Zélia Duncan, que não resistiu e beijou a mão de Alcione ao saber que ela tinha ganhado o prêmio.

O cantor Zeca Baleiro também estava concorrendo ao Prêmio, mas na categoria de produtor na categoria Canção Popular, com o disco Praça Tiradentes, de Odair José, mas quem levou o prêmio foi Cauby Peixoto, com o álbum Minha Serenata.

O 24º Prêmio de Música Brasileira prestou uma homenagem a Tom Jobim, diversos cantores como Maria Gadu e João Bosco cantaram músicas de um dos maiores representantes da música brasileira no mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário