Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


08 fevereiro, 2014

Alcione lamentou a morte do amigo Chico Coimbra

A cantora Alcione lamentou a morte do estilista e carnavalesco maranhense Chico Coimbra.

"É um dia de muitas condolências. Sempre foi um parceiro, um amigo, um irmão. Era uma pessoa que gostava de arte, que nunca fez mal a ninguém. Se fez mal pra alguém, foi só pra ele", disse Alcione, em entrevista ao G1.

A cantora, que está no Rio de Janeiro, disse que ficou sabendo da morte do amigo por volta de 6h, e já tem um voo marcado com destino à capital maranhense para prestar homenagens ao amigo pessoalmente.

"Nós sempre tivemos um bom relacionamento. A última vez que o vi foi no réveillon. Eu cheguei a São Luís e fui logo lá, passei a manhã com ele. Não demorou muito, ele me ligou falando que já tinha voltado a trabalhar. Eu disse, 'tu já tá, menino?'", lembrou a cantora.

Alcione disse ainda que a morte de Chico Coimbra marca um perda para o meio artístico do Maranhão. "É uma grande perda para nós, para Maranhão. Ele era uma pessoa que gostava do Maranhão, sabia profundamente sobre o estado. Era bom filho, bom amigo, bom profissional. Era tudo com ele!", frisou a Marrom.

Nenhum comentário:

Postar um comentário