Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


05 maio, 2014

Nívea Viva o Samba - Salvador

Por Igor Vinícius
“Indiscutivelmente um dos melhores projetos de samba que assisti na minha vida...”.  Assim começo falando do Projeto Nívea Viva o Samba, que aconteceu em sua 5º edição realizada aqui na Cidade de Salvador/BA. O tempo chuvoso não nos espantou, afinal, Baiano que é Baiano samba até na chuva! E Lotou. Cerca de 60 mil baianos foram assistir ao grande espetáculo, que iniciou com a canção “A voz do morro”. Em cada verso iam subindo ao palco as grandes estrelas da noite (Roberta Sá, Diogo Nogueira, Martinho e Alcione).
Nossa Marrom estava linda e na sua melhor forma vocal. Quando subiu ao palco arrancou suspiros e aplausos de todos ali presente, nos passando a impressão de que na verdade estavam todos ansiosos com a sua chegada. Nesse momento até o chuvisco não se atreveu em continuar, e o tempo se manteve estável para assistir o grande show.
Incrível a forma como os versos de “Não deixe o samba morrer” ecoaram em toda praça Cayru como uma prece, atendendo o chamado da maior cantora de samba do Brasil. “Meu Ébano” e “Rio Antigo”, dois grandes sucessos da cantora, fizeram o público cantar junto. Para nossa surpresa, ainda fomos presenteados pela Marrom com “O mundo é um moinho”  onde os primeiros versos foram tocados no trompete. Um show a parte, o que exaltou a grande musicista que é a nossa cantora.
O dueto lindo com Roberta Sá em “Conto de Areia” reafirmou com vigor a grande vivacidade da Marrom remetendo a um dos seus grandes álbuns: “Claridade”. Em “ Por causa de você” de Tom, nos deu aquele toque romântico que só a Marrom sabe dar, levando todos ali a um estado de emoção ímpar.
 
Não posso deixar de falar e agradecer a toda produção pela receptividade em nos convidar para assistir a esse projeto em local privilegiado e nos proporcionar um momento de grande emoção. E ainda de quebra, ir ao camarim bater aquele papo gostoso com a Maria Helena e Vera,  que sempre nos recebe com tanta emoção e carinho e que me possibilitou conhecer o Carlos Fernando, ao qual também agradeço por toda a atenção.  À nossa Marrom, obrigado  por nos receber mais uma vez, sempre com o sorriso largo e simpatia habitual.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário