Sejam Bem-vindos


Quem a ouve não esquece... Voz exuberante e inconfundível à serviço da alma, refletindo a entrega de quem não teme se doar por inteiro. O poder e a sensualidade da voz negra que tinge a aquarela da música brasileira de marrom, com todo o suingue, brilhantismo e carisma de quem tem certeza que não está aqui por acaso. Vinte e oito discos de ouro e oito de platina, sendo dois deles de platina duplo. Inúmeros prêmios da MPB: Sharp de Música, Caras, Globo de Ouro, Rádio Globo, o Antena de Ouro, Tim, entre outros. Além desses, prêmios de grande vulto internacional como O Pensador de Marfim (concedido pelo Governo de Angola), Personalidade Negra das Artes (concedido pelo Conselho Internacional de Mulheres) e A Voz da América Latina (concedido pela ONU). Este blog é dedicado à cantora mais popular do Brasil. Filha do nosso chão, orgulho nosso. Uma mulher, uma negra, uma nordestina, uma brasileira guerreira: Alcione, a Marrom!


29 maio, 2017

Que prazer receber a Marrom em Santos!

Eu sou de Santos e só não faz muito tempo que não assisto a um show da cantora porque coloco o pé da estrada e vou atrás dela país afora. A verdade é que fazia uma encarnação que ela não dava os ares por aqui. Desde 2009! Então, quando soube que ela viria para a Virada Cultural... Uaaaaaau! Foi muito bom!

Sempre que ela vai a São Paulo, vou aos shows com nossa amiga paulista Sandrinha e sua mãe, D. Carmem, que são do nosso fã-clube. Ontem, foi a vez de Sandrinha vir até mim. Marcamos no local do show bem cedinho e encontramos o pessoal da produção em seguida. Aguardamos Alcione terminar uma entrevista e ela nos recebeu.

Já cheguei chamando ela de sereia, porque o corpinho óh... Tá uma maravilha! Não tem como não ficar feliz em vê-la cuidando da sua saúde e inspirando, ao mesmo tempo, outras tantas pessoas a fazerem o mesmo. Sim! Eu preciso urgente me inspirar na cantora! Aprender pelo amor e não pela dor, como ela mesma diz.

Levei um presentinho pra ela. Adorou. Um cachorrinho que canta, que ela logo batizou de Elias (risos). Conversamos um pouco. Nos falou do problema de saúde que teve, dos projetos para este ano em que estará comemorando setenta anos de vida, do documentário que está sendo feito em homenagem a ela... Falou também do show que fará em junho na quadra da Mocidade Alegre e do show Eu e Ela, com Alexandre Pires, no Espaço das Américas, em 28 de Julho. Nossa cantora não sossega!

Depois desse papo descontraído, fomos para a pista aguardar a entrada dela, que se deu exatamente às 18h30min, como previsto. O povo é apaixonado pela Marrom e sempre vai à loucura com sua presença. Muitas músicas que foram e são grandes sucessos, com destaque para "Olha", de Roberto e Erasmo Carlos, que ela regravou especialmente para a trilha sonora da novela da Rede Globo. A multidão cantou juntinho.

Foi maravilhoso! Depois de "Não Deixe o Samba Morrer", que iria finalizar o show, Alcione ainda voltou para cantar o "bis" e nos presenteou com mais duas canções. No final, agradeceu publicamente minha presença, o que é um grande carinho da parte dela. Como não ficar feliz? Alcione é demais! Fico mais radinte ainda em saber que ela voltará a Santos em breve, mais cedo do que imaginamos! Como ela mesma gosta de dizer: aguardem!!!!

(Elias Gomes da Costa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário